Foi acidentalmente que a equipa de investigadores descobriu uma maneira de criar hidrogénio de forma praticamente instantânea. O elemento químico é visto como um possível combustível do futuro devido à sua grande abundância, mas tem associado uma grande dificuldade: a do transporte do mesmo.

Os investigadores do Laboratório de Investigação do Exército dos EUA, em Aberdeen Proving Ground, fizeram a descoberta ao verter água numa nova liga de alumínio que, automaticamente, começou a formar hidrogénio. Já se sabia que era possível produzir o elemento químico através da junção de água e alumínio, mas apenas quando expostos a temperaturas muito elevadas e, o hidrogénio produzido, era apenas 50% eficiente.

"O nosso é aproximadamente 100% eficiente em menos de três minutos", contou Scott Grendahl à New Scientist. Esta descoberta acaba por ter grande relevância porque, sendo produzido rapidamente e através de água e alumínio, torna-se muito mais fácil e estável transportar os materiais em vez de o fazerem com o hidrogénio.

Se este método for fiável e conseguir ser reproduzido em grande escala poderá vir a ser a solução para a utilização de uma fonte de energia mais limpa e que facilmente pode ser criada num curto espaço de tempo.

O próximo passo agora é testar se é possível reproduzir a experiência fora do laboratório, num ambiente menos controlado, uma tarefa que os investigadores estão confiantes de que será possível.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.