O memorando de entendimento foi assinado ontem, 21 de julho, e tem como objetivo a extensão do programa Cisco Networking Academy ao sistema formativo português.

A Cisco já tem a funcionar em Portugal o seu programa das Academias desde 1999, tendo sido um dos primeiros países a implementar a iniciativa fora dos Estados Unidos. 

Os cursos são disponibilizados gratuitamente pela Cisco e pretendem responder à necessidade de recursos qualificados no desenho, construção, manutenção e segurança de redes informáticas.

O IEFP vai integrar nos seus Centros de Formação os cursos da Cisco, que passam a fazer parte do plano de estudos em redes informáticas e outras matérias relacionadas com as Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC),uma área onde existe uma procura de profissionais e escassez de oferta.

Atualmente existem em Portugal mais de 50 Academias Cisco ativas, mas o número já esteve acima da centena e meia, em protocolos com Universidades e Politécnicos. Um acordo com o ministério da Educação permitiu também, em 2008, estender o programa aos alunos do ensino secundário através do Plano Tecnológico da Educação, e na altura as metas eram mais ambiciosas.

Segundo os números divulgados pela Cisco,o programa Academias abrange mais de 2.000 estudantes em Portugal. 

 

Nota da Redação: A Cisco corrigiu o número de academias ativas e de estudantes abrangidos, dados que foram corrigidos também na notícia.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.