A Cisco anunciou a compra da AppDynamics, num negócio avaliado em cerca de 3,7 mil milhões de dólares – um valor bastante acima dos 1.900 milhões em que ficou avaliada em novembro de 2015 – e que tem como objetivo fortalecer as suas capacidades na área da gestão de redes e aplicações na cloud.

Dado o montante envolvido, esta aquisição é a mais cara feita pela Cisco desde novembro de 2005, altura em que desembolsou perto de 7 mil milhões de dólares para comprar a Scientific Atlanta.

Com a integração das tecnologias da AppDynamics, a empresa liderada por Chuck Robbins está a procurar caminhar lado-a-lado com as tendências do mercado, de acordo com a Reuters, que apontam para uma crescente desmaterialização das infraestruturas.

Desta forma, escreve a agência noticiosa, a Cisco vai poder alavancar as transformações tecnológicas e evitar que o seu negócio basilar seja prejudicado.

O vice-presidente da divisão corporativa da empresa, Rob Salvagno, refere que esta compra encontra-se alinhada com uma estratégia de reorientação de um modelo de negócio assente em infraestruturas físicas e servidores para um em que o software seja a principal peça de engrenagem.

Segundo consta, a aquisição foi fechada esta terça-feira, dia 24 de janeiro, alegadamente um dia antes de a AppDynamics apresentar uma oferta pública inicial.

Recorde aqui as fusões mais caras do mundo da tecnologia.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.