Apesar de muitos portais de comércio electrónico não terem resistido ao último ano, a época do Natal está a revelar novamente algum entusiasmo por parte dos consumidores online. De acordo com informações reveladas pela firma londrina de medição de audiências Nielsen/Netratings à agência de notícias Reuters, muitos sites da Europa Ocidental estão a sentir fortes vagas de procura a cada mês, mais frequentes no mês de Novembro que marcou o começo da época natalícia.



De acordo com o analista da Nielsen/Netratings, Tom Ewing, o que estamos a ver é usual para esta época, mas este ano está a ser melhor do que o ano passado. A Amazon.com, por exemplo, teve um aumento de 24 por cento no tráfego do seu site, acumulando 3,68 milhões de visitantes únicos só em Novembro.



O site francês Fnac.com e o alemão Tchibo.de, que fazem parte dos três sites mais visitados em cada país, conseguiram também durante o mês passado 14 por cento e 53 por cento de aumento de tráfego, respectivamente. Tendo o mesmo acontecido nos site britânicos Argos, WH Smith e Comet.



Todavia este fenómeno não é exclusivo da Europa, já que nos Estados Unidos o sector do comércio electrónico tem vindo a aumentar 10 por cento em cada ano.



Segundo a Keynote Systems, uma empresa que avalia o desempenho de sites na Net, muitos dos sítios Internet mais conhecidos no Reino Unido estão a ficar entupidos, e a demorar muito tempo para fazer o download durante o dia, altura em que os utilizadores tentam fazer compras nas horas de expediente.



Notícias Relacionadas:

2000-12-28 - Vendas de Natal da Amazon atingem os 31 milhões

2000-12-11 - Compras de Natal online começam a diminuir

2000-12-10 - Melhores compras de Natal

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.