A lista provisória de empresas habilitadas para vender material informático ao Estado está já disponível, depois do prazo para apuramento de resultados do concurso ter sido adiado, na sequência de uma reclamação. A lista provisória com os nomes habilitados foi divulgada pelo júri do concurso no passado dia 24 de Maio e inclui 74 concorrentes.



Recorde-se que o concurso internacional para actualização do Catálogo Telemático do Estado foi completamente realizado online, sob a coordenação da Direcção Geral do Património, que já tinha esta responsabilidade. No modelo tradicional a DGP era responsável pela selecção das empresas para os Acordos-Quadro do Estado, um processo que verificava essencialmente se as empresas tinham as contas em dia com o Estado, sem se estender à análise comparativa de preços.



O concurso pôs à prova a plataforma de compras do Estado pela primeira vez em grande escala, já que as 92 empresas concorrentes submeteram à análise do júri 77091 documentos, entre propostas e documentos administrativos. Em papel, o número de documentos electrónicos corresponderia a qualquer coisa como 500 resmas.



A sessão pública para abertura de propostas teve lugar no dia 14 de Março, num primeiro momento. Nessa altura a Prológica apresentou uma reclamação que suspendeu temporariamente o avanço do processo já que na plataforma não estavam todos os documentos necessários para que a candidatura da empresa fosse considerada válida e esta garantia estar em conformidade. A proposta da Prológica não foi fechada, ou seja, a empresa não validou os documentos submetidos na plataforma o que invalidou a sua permanência no concurso.



A reclamação desencadeou o cumprimento de um conjunto de prazos leais de resposta e análise e remeteu a disponibilização de uma nova lista para o dia 24 de Maio, já com a empresa afastada do concurso. A par com a Prológica saíram outros concorrentes que desistiram por iniciativa própria ou foram afastadas por não apresentarem toda a documentação exigida.



A lista a que o TeK teve acesso e que contempla 74 concorrentes com propostas a várias categorias de produtos e com várias marcas não é ainda definitiva, já que a selecção de produtos ainda não terminou e os concorrentes podem reclamar os primeiros resultados apurados. De acordo com esta primeira selecção foram já eliminadas 151 propostas de um total de 540.



O processo de selecção - no que se refere aos produtos propriamente ditos - é composto por várias fases. Ao nível dos grupos de produtos são seleccionados os três mais baratos. A um nível mais detalhado (sub-grupos) são seleccionados 50 por cento dos produtos mais baratos em cada lote. Posteriormente terá ainda lugar uma fase de controlo onde se pretende assegurar que a selecção final de marcas é variada.



Se nesta última análise se perceber que uma mesma marca têm preponderância relativamente a outras está prevista a recuperação de propostas já eliminadas por forma a garantir a diversidade.



É ainda de sublinhar que os concorrentes legalmente habilitados para fornecer equipamentos informáticos ao Estado podem ser eliminados da lista, caso todas as suas propostas sejam excluídas nas análises de preços agora em curso.



Nota de redacção: [2005-06-02 10:30:00] A notícia foi alterada na referência ao número de empresas admitidas. A lista a que o TeK teve acesso refere uma ordenação de 77 entidades, mas faltam alguns números pelo meio, pelo que a totalidade de empresas se deve situar acima dos 70. Esperamos a qualquer momento confirmar este número, altura em que voltaremos a actualizar a notícia.

[2005-06-02 16:42:00] A notícia foi actualizada com o número de concorrentes apurados para o Catálogo Telemático do Estado e detalhes sobre as próximas fases do concurso público.



Notícias Relacionadas:

2005-03-04 - DGT com mais de 100 concorrentes à actualização do Catálogo Telemático do Estado

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.