É o sonho de qualquer empresa de hardware e software: conseguir entrar no mercado chinês. A dimensão de potenciais clientes é de tal forma grande que uma estratégia bem definida pode potenciar resultados recorde - tal como aconteceu com a Apple e os iPhone.

E o investimento de 10 milhões de dólares que o gigante do comércio eletrónico Alibaba fez alegadamente na Ouya, sistema de jogos que tem por base o sistema operativo Android, pode ser um bom prenúncio para a startup.

Isto porque reforça a presença da empresa no mercado chinês, depois de já ter estabelecido uma parceria com a Xiaomi, como salienta o The Wall Street Journal. E para a Ouya estes são nomes importantes pois nos EUA sobretudo, a consola não tem convencido.

Apesar de ainda ser um dos maiores sucessos do crowdfunding e do Kickstarter em particular, a verdade é que a Ouya não conseguiu fazer com que as micro-consolas Android fossem um novo grande segmento.

Tanto que a estratégia da empresa parece ter-se virado mais para a parte do software - com o serviço Ouya Everywhere - do que para o hardware. Mas as parcerias com grandes tecnológicas chineses podem alterar esta situação rapidamente.

Vale também a pena salientar que a Alibaba é a empresa responsável pela maior entrada de sempre na bolsa de valores, mas está atualmente a atravessar uma época difícil pois teve resultados financeiros abaixo do esperado pelos analistas. No entanto a aposta na Ouya mostra interesse por novas áreas de negócio - um pouco como a Amazon está a fazer ao apostar seriamente no gaming, seja através da Fire TV ou da compra do Twitch.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.