A aprovação do negócio pelos acionistas era esperada e é o último passo no processo que formaliza a junção das duas empresas. Os reguladores norte-americano e europeu também já tinham dado o seu aval a um negócio que vale 15,6 mil milhões de dólares e que vai fazer desaparecer do mercado a marca Alcatel-Lucent e criar um gigante que reforça a posição global nos serviços e infraestruturas para redes de telecomunicações.

A aprovação do negócio pelos acionistas da Nokia aconteceu durante uma assembleia-geral extraordinária. Era o passo que faltava para que a Nokia lance agora uma oferta aos acionistas da Alcatel-Lucent, promovendo a troca das suas ações por títulos da companhia finlandesa.

O objetivo é que dois terços das ações passem para as mãos da Nokia, outros 33% mantêm-se nas mãos dos atuais acionistas da Alcatel-Lucent. O negócio deve estar concluído no primeiro trimestre de 2016. 

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.