A EMC assinou o acordo definitivo para a aquisição da VMware, uma empresa de software, especialista em Intel-based virtual computing. O negócio que deverá estar concluído no primeiro trimestre de 2004 e está avaliado em 635 milhões de dólares, embora faltem ainda acertar detalhes e receber a aprovação do regulador americano, explica um comunicado.



No mesmo documento, a EMC adianta que o negócio permitirá aos seus clientes podem reduzir custos "utilizando tecnologias de virtualização na sua infra-estrutura de TI, criando um conjunto de armazenamento disponível e de recursos de informática".



A tecnologia VMware funciona com múltiplos sistemas operativos, entre eles Windows, Linux e NetWare, correndo simultaneamente e de forma independente num servidor Intel ou workstation permitindo a alteração de aplicações através de sistemas, sem interrupções no negócio. Uma das suas principais funcionalidades é a configuração e reconfiguração dinâmica dos ambientes de armazenamento e informática das empresas sem falhas de tempo.



As empresas explicam no comunicado que o software VMware é utilizado em "para consolidar servidores pouco utilizados, reduzir o tempo de fornecimento do servidor de semanas para dez segundos, mudar aplicações workloads de forma dinâmica através de servidores e workstations sem interrupções no serviço e eliminar tempo morto de manutenção, distribuição e migração de hardware".



A EMC que opera na área de em sistemas de armazenamento de informação, software, redes e serviços, pretende integrar a VMware na empresa-mãe, enquanto subsidiária.



Notícias Relacionadas:

2003-07-09 - EMC prepara-se para comprar Legato Systems

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.