No próximo ano fiscal a Microsoft vai aumentar os investimentos destinados ao programa de parceiros para 1,7 mil milhões de dólares, realocando simultaneamente 35 por cento dos investimentos em marketing directo para acções conjuntas com os seus parceiros, refere uma entrevista a Allison Watson, vice-presidente para a área de parceiros e marketing, publicada no site da Microsoft.



As áreas que a empresa de Bill Gates conta reforçar com o investimento adicional de 13 por cento são as de vendas, marketing e serviços, e formação, dirigidas aos fabricantes de sistemas, vendedores independentes de software e outros parceiros focalizados no software da Microsoft, detalhou a empresa no Worldwide Partner Conference 2004 que termina hoje em Toronto.



O reforço dos investimentos no canal de parceiros é visto como uma resposta do gigante norte americano à concorrência crescente do Linux e outros sistemas operativos abertos aos programadores e tem como principal objectivo aumentar o nível de especialização dos parceiros nas 11 áreas existentes.



Segundo Allison Watson interessa aumentar "o número de parceiros técnicos especializados, a formação nas áreas de marketing e vendas e garantir novos níveis de suporte aos parceiros na área de marketing". Esta será uma das apostas fundamentais da empresa que pretende munir de ferramentas a sua rede de parceiros para que esta consiga melhorar a oferta e dinamizar a procura, explica ainda a responsável. "É com este objectivo que cada uma das 65 subsidiárias mundiais vai alocar 35 por cento das suas verbas de marketing para acções desenvolvidas com parceiros" complementa.



Numa declaração proferida durante o encontro da Microsoft considerou que o estreitamento de relações com a sua rede de parceiros terá benefícios directos nos clientes e na prestação de um melhor serviço.



À margem do evento o vice-presidente da Microsoft, Orlando Ayala ,admitiu que a actual rede de revendedores e parceiros é pouco especializada. A empresa espera alterar este cenário com o renovado programa de parceiros apresentado durante o evento e com a junção de iniciativas até agora dispersas, relacionadas com a linha principal de software e os produtos Microsoft Business Solutions, adianta o responsável à C|Net.



Para que sejam obtidos os níveis de especialização pretendidos pela Microsoft a empresa está a oferecer incentivos aos parceiros que decidam especializar-se numa das 11 categorias existentes onde se incluem a segurança, business intelligence e infra-estruturas de rede avançadas, detalha o mesmo responsável.



O Microsoft Worldwide Partner Conference 2004 termina hoje depois de ter reunido em três dias 5.500 parceiros.



Notícias Relacionadas:

2004-04-27 - Microsoft inaugura centro de investigação na Alemanha

2003-04-11 - Microsoft alarga programa Shared Source para Windows CE

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.