A Timestamp registou em
2005 um volume de receitas de 4,85 milhões de euros, valor que se traduz numa
taxa de crescimento de 128 por cento, face aos resultados do ano anterior. No
mesmo período, o número de clientes mais do que duplicou, passando de 43 para
108.



Para o volume de receitas registado em 2005 pela Timestamp contribui em 55 por
cento o negócio realizado junto da administração pública central e local e em
45 por cento o sector privado. Os valores registados reforçam, segundo a
empresa, "o reconhecimento da nossa [Timestamp] competência tecnológica e da
qualidade dos nossos recursos humanos", comenta Sérgio Pena Dias, CEO da
Timestamp, num comunicado enviado à imprensa.



Além do crescimento do volume de negócios e do número de clientes, o ano de 2005
foi igualmente marcado pelo aumento de capital social da empresa, de 25 mil para
125 mil euros, que passou a Sociedade Anónima.



Prosseguindo a sua estratégia de consolidação e desenvolvimento, a Timestamp
procedeu também em 2005 à aquisição de 45 por cento do capital da OpenUp,
empresa focada no desenvolvimento e integração de soluções e serviços da área
de open source, e a totalidade do capital da Emotion, especializada em
soluções Microsoft.



Actualmente a Timestamp conta com mais de 50 colaboradores, em comparação aos 21
que mantinha em finais de 2004. Durante 2006 a empresa pretende fazer crescer a
sua equipa para 60 elementos, num ano em que promete continuar a apostar na
estratégia de desenvolvimento "consolidando e ampliando os resultados
atingidos", salienta no comunicado.



Notícias Relacionadas:
2005-05-17 - Timestamp quer facturar 4,5 milhões de euros em 2005 suportada em
tecnologia Oracle

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.