A Fix Solutions está a implementar um projecto de renting de soluções informáticas a custo fixo que pretende estender a todo o país através da abertura de 24 agências geograficamente dispersas.



Dirigido a empresários em nome individual e pequenos projectos, o objectivo da Fix Solutions é tornar acessível, a projectos de menor dimensão, um nível de serviço que normalmente está apenas acessível a negócios de maior dimensão, explicou ao TeK Sérgio Carneiro, director geral.



As primeiras oito agências, responsáveis pela interacção com os potenciais clientes, cobrem as zonas de Braga, Porto, Aveiro, Coimbra, Leiria, Santarém Lisboa e Setúbal. Em Setembro, a Fix avança com mais oito agências que pretendem melhorar a cobertura da empresa na zona mais a sul do país, com destaque para os principais centros.



A primeira solução disponibilizada pela FIX - que ao nível de software trabalha em exclusivo com a Sage - dirige-se a profissionais de contabilidade, mas a breve prazo a empresa conta avançar com uma versão em rede (wireless) do actual produto e apostar em novas soluções de gestão. "Está prevista a introdução de um módulo de facturação e a evolução para uma solução mono-posto com vários módulos de software", acrescentou o mesmo responsável.



A par com a solução o utilizador pode requerer um PC - com periféricos, sistema operativo e antivírus - 24 horas de assistência pós-venda, 6 horas de formação (no software de contabilidade) e dois anos de actualizações. Estes serviços integram um contrato de prestação de serviços que custa 500 euros.



O projecto Fix Solutions foi desenvolvido pela empresa Marques&Magalhães que até finais do ano estima um investimento de 600 mil euros, sobretudo dirigido à abertura de 24 agências. As projecções da empresa apontam para um volume de negócios de 1,2 milhões de euros no final de 2004. Até à data, a Fix Solutions já angariou entre 30 a 40 clientes, avançou Sérgio Carneiro.
De sublinhar que as previsões da Fix Solutions apontam para um portfólio de 2.000 clientes até final do ano e um volume de negócios na ordem dos 6 milhões de euros.



Em velocidade cruzeiro o projecto deverá empregar 26 colaboradores, dando preferência a cidadãos com deficiências motoras, recrutados com a colaboração de parceiros como associações de deficientes.



Além da parceria com a Sage para a área do software e das parcerias para a angariação de recursos humanos, a Fix mantém ainda parcerias com a JP Sá Couto - para a área de equipamentos e com a AXA para a área de seguros.



Notícias Relacionadas:

2002-04-09 - Sage Portugal actualiza software de gestão

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.