Os gastos das empresas e do Governo no sector dos produtos e services TIC deverá decrescer três por cento este ano, segundo previsões da Forrester.

A recessão nos EUA e em outros países será a principal causa do abrandamento previsto, seguida da flutuação de câmbio, revela a consultora.

Os valores marcam a primeira queda do investimento em TIC desde 2002, quando os gastos em tecnologias e serviços baixaram seis por cento.

O abrandamento, contudo, não deverá estender-se por muito tempo, prevendo-se uma recuperação no próximo ano, com a despesa em tecnologias a crescer nove por cento.

Segundo a Forrester, alguns sectores da indústria lidarão melhor com a crise do que outros, nomeadamente a área do software, cujas vendas em 2008 deverão igualar as do ano anterior.

Já o sector dos equipamentos, onde se incluem os computadores, os servidores e dispositivos de armazenamento, registará uma queda de quatro por cento, com as vendas a situarem-se 434 mil milhões de dólares.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.