Para os funcionários da Google o Natal chegou mais cedo, com a notícia de que no próximo ano vão ver o ordenado engordar em 10 por cento. Ainda antes disso chega um prémio de Natal (o valor referido na imprensa norte-americana é de mil dólares) para cada um dos 25 mil funcionários da empresa.



A notícia foi avançada pela Business Insider, e entretanto confirmada pela Google. "Embora tipicamente não comentemos questões internas, acreditamos que planos de remuneração competitivos são importantes para o futuro da companhia", admitiu um porta-voz da empresa citado pela imprensa internacional.



A decisão é explicada com os bons resultados dos últimos trimestres, mas é também vista como uma tentativa de manter na casa os recursos que têm ajudado a construir o sucesso da empresa.



A pressão da concorrência é forte, nomeadamente de outros fenómenos de sucesso no mundo da Internet, como o Facebook, e a empresa com esta medida dá um sinal de que sabe recompensar o seu talento.



No email que enviou aos funcionários, e que chegou à imprensa, o CEO da Google diz: "queremos ter a certeza que se sentem recompensados pelo vosso esforçado trabalho e queremos continuar a atrair as melhores pessoas para a Google".



Eric Schmidt termina dizendo que os empregados "são o que torna a empresa excelente e o objectivo é reconhecer esse contributo de uma forma que tenha significado".



Recorde-se que a Google apresentou resultados em meados do mês passado conseguindo, mais uma vez, fazer crescer os lucros acima das expectativas. No trimestre terminado em Setembro, a empresa amealhou mais de 2 mil milhões de dólares de lucros.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.