A Google comprou a empresa Skybox, especializada em micro-satélites, por 500 milhões de dólares, o equivalente a 370 milhões de euros. O negócio já tinha sido dado como quase certo no final de maio, acabou por ficar mais em conta já que na altura falava-se numa aquisição cujo valor rondaria os mil milhões de euros.



O negócio que fica agora fechado representa um triplo investimento para a Google.



Em primeiro lugar a empresa vai poder usufruir desde já da tecnologia de captação de imagens em alta definição dos satélites da Skybox, que de acordo com a imprensa internacional, é uma das que consegue obter melhores resultados. A Google pode assim melhorar significativamente a qualidade do serviço Maps. Os satélites têm ainda capacidade para fazer vídeo.



Depois a Google poderá aproveitar o ecossistema de satélites da startup para começar a desenvolver a sua rede de Internet que será distribuída por estes equipamentos. A gigante de Mountain View quer levar Internet até aos países que de outra forma ficam “desligados”, esperando conseguir ligar os próximos mil milhões de utilizadores.



Em terceiro lugar a Google ganha a “corrida espacial” ao Facebook, empresa que também tem um projeto de criar uma rede de Internet que é distribuída por satélites. A rede social, que é já uma das grandes ameaças ao nível de publicidade e de presença no segmento móvel, fica para já um passo atrás da rival.



Em comunicado a Google também diz que os satélites da Skybox vão servir para a empresa crescer na área dos desastres naturais, através da monitorização e alerta dos mesmos – ainda na semana passada foi apresentado um projeto em conjunto com o Twitter relacionado com esta temática.



O negócio terá agora que ser validado pelas entidades reguladoras.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.