Embora seja considerada uma atividade ilícita em Portugal, o lobby conhece muitos profissionais na política norte-americana. Lá, esta é uma forma legal de as empresas fazerem valer os seus interesses junto dos decisores políticos, chegando, por vezes, a endereçar pagamentos a certas entidades em troca de um voto favorável em matérias de legislação.

Neste sector, as tecnológicas têm cada vez mais presença. Com as questões da neutralidade da internet e do acesso aos dados privados dos utilizadores a figurarem nos debates do Senado, as empresas sentem cada vez mais urgência em fazer pender a balança política para o seu lado.

Das gigantes, os nomes que se destacam são os do Facebook, Google, Apple e Amazon. Os documentos do Lobbying Disclosure Act mostram que estas quatro se destacam das restantes congéneres, investindo milhões de dólares todos os anos para influenciar os legisladores de Washington D.C.

tek statista google

A líder desta lista é a Google. Só entre janeiro e junho deste ano, a empresa já gastou 5,9 milhões de dólares com o lobbying, investindo sobretudo na influência das decisões que diziam respeito às regulações da publicidade online e à imigração de profissionais altamente qualificados. A energia eólica e as tecnologias de sistemas aéreos não tripulados também foram visados pela companhia norte-americana.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.