A Google estará perto de resolver um processo judicial onde enfrenta acusações de cerca de 30 estados norte americanos. No centro do processo está a alegada utilização dos carros do Street View para recolher informação privada de redes Wi-Fi inseguras, que para ficarem pelo caminho poderão obrigar a empresa a desembolsar sete milhões de dólares.



A informação é avançada pelo All Things D, que cita fontes próximas ao processo para divulgar valores e a proximidade de um acordo entre as partes envolvidas, que segundo o blog deve avançar ainda esta semana.



O processo que agora pode estar perto de terminar teve início em 2010 e é liderado pelo procurador-geral do Connecticut, Richard Blumenthal. A recolha de imagens aconteceu entre 2007 e 2010 e não trouxe apenas problemas à Google nos Estados Unidos. A empresa enfrentou questões legais em 12 países.



Nos processos mais adiantados, nomeadamente em alguns países da Europa, a Google tem alegado que a recolha de informação a partir das redes QWi-Fi não seguras foi um erro, garantindo que esses dados nunca chegaram a ser utilizados.



Recorde-se que nos EUA a Google já tinha sido multada em 25 mil dólares por tentar atrasar a investigação do caso, uma pena imposta pela FCT, relatava o Financial Times na altura.




Nota de redação: A informação acabou por se confirmar na terça-feira, com a Google a divulgar o acordo e o pagamento de sete milhões de dólares para pôr fim ao processo.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.