O Parque Empresarial Lagoas Park, em Porto Salvo, acolheu o novo centro internacional de serviços da Google, um investimento em Portugal da gigante tecnológica que permitiu criar cerca de 550 postos de trabalho qualificados, sobretudo na área de engenharia. As vantagens competitivas do país, facilidade de falar línguas estrangeiras e a boa formação académica foram alguns atrativos para a instalação da empresa.

Mas a Google não quer ficar por aqui e pretende crescer, alavancando igualmente um maior investimento para Portugal, e com isso, criar ainda mais postos de trabalho. Segundo Matt Brittin, presidente de negócio e operações da Google EMEA, em entrevista ao Dinheiro Vivo no Web Summit, a empresa quer aumentar o número de pessoas a trabalhar em Portugal, ainda que não tenha revelado detalhes em concreto.

Tudo dependerá do desempenho da empresa, mas igualmente da capacidade do centro de Oeiras oferecer o que é necessário, refere o executivo. Mais que o investimento feito em Portugal, e aquele que eventualmente ainda será feito, destaca a capacidade da Google atrair investimento, atuando como um íman, ao mostrar que existe confiança para operar no país.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.