O Governo apresentou ontem os resultados do processo de reestruturação das empresas de capital de risco públicas. InovCapital, AICEP e Turismo Capital fundem-se numa única entidade.



A Portugal Ventures passa a gerir uma verba anual de 140 milhões de euros para aplicar a projetos inovadores, assumindo a gestão de 26 fundos de investimento e 180 participadas (ativos que representam 600 milhões de euros), detalha o Jornal de Negócios.



A nova estrutura vai ser liderada por Epifânio da Franca e reunir 50 colaboradores. A fusão vai permitir uma poupança anual em custos de operação na ordem do milhão de euros, cerca de 20% do total.



Além das poupanças, o objetivo do governo com esta reestruturação é reforçar a orientação do capital disponível para o apoio a projetos que demonstrem capacidade para competir a nível internacional e impacto relevante na economia nacional.



De sublinhar que aos 140 milhões disponíveis através de capital de risco juntam-se outros 300 milhões de euros em fundos públicos acessíveis a projetos empresariais, verbas alocadas a programas desenvolvidos no âmbito do COMPETE.



No universo de empresas públicas de capital de risco só a Caixa Capital ficou fora da reorganização.



Nota de redação: Foi corrigida uma gralha: onde se lia Tursimo Capital deve ler-se Turismo Capital.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico




Cristina A. Ferreira

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.