A HTC está impedida de comercializar o HTC One X e o Evo 4G LTE nos Estados Unidos. Os dois novos modelos da fabricante são os primeiros a serem afetados pelo bloqueio decretado em dezembro pelas autoridades daquele país, no âmbito de uma disputa legal contra a Apple, por causa de patentes.

Segundo avançam hoje vários meios de comunicação internacionais, o bloqueio das vendas dos dois modelos de smartphones foi reconhecido pela marca esta quarta-feira e já começou a refletir-se no valor das ações da fabricante de Taiwan - que tem nos EUA o seu principal mercado.

De acordo com meios como a agência Reuters ou a Bloomberg, o valor das ações da companhia caiu entretanto para o nível mais baixos dos últimos cinco anos, com o preço dos títulos a registar uma quebra de mais de 6%.

A empresa reconheceu, num comunicado oficial veiculado hoje, que a disponibilização dos modelos HTC One X e HTC Evo 4G LTE tinha sido adiada devido ao processo de revisão necessário à importação de produtos da marca depois do bloqueio decretado pela Internacional Trade Comission (ITC).

Os modelos em causa apresentam-se como as primeiras "vítimas" da decisão do regulador, que deu razão às alegações de violação de patentes apresentadas pela Apple e determinou a proibição da importação dos produtos da HTC, com efeitos a partir de 19 de abril.

A HTC afirma que já encontrou uma forma de contornar a utilização da tecnologia que fundamentou a decisão do regulador, mas terá de esperar pela validação a levar a cabo pelas autoridades.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Joana M. Fernandes

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.