A economia dos dados e do conhecimento são apresentados como um dos grandes potenciais de desenvolvimento na Europa. O mais recente relatório do European Data Market revela que, em 2019, o valor da economia dos dados ultrapassou a marca dos 400 mil milhões de euros, representando um crescimento de 7,6% face ao ano anterior. A tendência positiva é confirmada pelo valor do mercado de dados que atingiu os 75 mil milhões de euros, numa taxa de crescimento anual de 4,9%.

O estudo dá conta de fatores relevantes da economia europeia de dados, apresentando números de mercado em termos de impacto, número de trabalhadores envolvidos, assim como três possíveis cenários até 2025: um de mais moderado, outro onde se prevê um elevado nível de crescimento, e ainda outro marcado por desafios como fragmentação e uma distribuição desequilibrada dos benefícios da inovação.

No que toca ao número de profissionais na área dos dados em 2019, um dos pontos-chave do estudo, os especialistas estimam que se situe nos 76 milhões, correspondendo a 3,6% de todo o mercado de trabalho. O valor representa um crescimento de 5,5% em relação a 2018.

Em comparação com 2019, prevê-se que a taxa de crescimento do número de profissionais se situe entre os 8,6%, no caso dos 27 Estados membros, e os 9,2%, com a inclusão do Reino Unido, em 2020. Espera-se ainda que a quota de emprego na área apresente melhorias neste ano.

No entanto, a ferramenta de monitorização do European Data Market continua a registar um desequilíbrio entre a procura e a oferta em matéria de profissionais de dados na Europa. Existe uma escassez que se manifesta em 459 mil postos de trabalho por preencher nos 27 Estados Membros e Reino Unido, correspondendo a 76,2% de toda a procura.

Os especialistas preveem que o número de postos por preencher aumente para 496 mil em 2020. Já em matéria de previsões até 2025, estima-se que o “fosso” aumente drasticamente, podendo atingir 1,1 milhões, caso não sejam tomadas medidas para prevenir e minimizar o desequilíbrio.

O número de empresas que potenciam o crescimento da utilização dos dados continua a crescer, situando-se nos 290 mil em 2019. Já a nível de utilizadores, o relatório detalha que teve um crescimento de 0,6%, atingindo os 716 mil.

Em comparação com as informações recolhidas pela ferramenta de monitorização entre 2013 e 2015, os mais recentes dados demonstram uma consolidação das empresas da área dos dados na Europa. A nível de receitas geradas, houve um constante aumento ao longo dos anos, totalizando 83 mil milhões de euros em 2019.

As previsões apontam para um crescimento anual das receitas das empresas em questão na ordem dos 0,7% até 2025. O documento detalha que, embora os Estados Membro mais pequenos demonstrem um maior nível de crescimento a longo prazo, os maiores farão contribuições mais avultadas para a economia de dados dentro dos próximos cinco anos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.