Considerada uma das maiores instituições financeiras do mundo nas transações com criptomoedas, a Binance foi vítima de um ataque de hackers, que através de uma única transação, conseguiram obter 7.000 Bitcoins, no valor de 40 milhões de dólares. Segundo avança a Bloomberg, os hackers utilizaram diferentes técnicas para o roubo, incluindo a utilização de phishing e vírus para obter acesso a uma grande quantidade de dados dos utilizadores.

Como refere a empresa no seu site oficial, os criminosos tiveram acesso a chaves API, códigos 2FA e potencialmente outras informações. A Binance adianta ainda que outras contas poderão estar afetadas, embora ainda não tenham sido identificadas.

A empresa assegura que irá utilizar o seu fundo de emergência para cobrir o incidente na totalidade, garantindo que os investimentos dos seus clientes não serão afetados. O sistema financeiro em torno das moedas virtuais caiu 3% após a revelação do crime, mas recuperou pouco tempo depois.

A transação criminosa limitou-se à carteira BTC da Binance, que contém apenas 2% da participação da empresa nas Bitcoin, destacando que outras carteiras estão seguras.  A especialista adianta que os hackers tiveram paciência para esperar e executar diversas ações bem orquestradas, através de múltiplas contas independentes e no timing apropriado, embora ainda não tenha sido concluída a revisão de segurança aos sistemas e aos dados, o que pode demorar cerca de uma semana. Durante essa revisão, todas as transações de Bitcoins serão suspensas, levando o CEO da Binance, Zhao Changpeng, a pedir desculpa e a prometer transparência no processo.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.