Os resultados da HP Portugal para o ano fiscal de 2004 situaram-se nos 355 milhões de dólares (pouco mais de 270 milhões de euros), num crescimento do volume de negócios na ordem dos 12 por cento, anunciou hoje a empresa em conferência de imprensa. De acordo com os dados fornecidos, o primeiro trimestre fiscal de 2004 (que corresponde aos últimos três meses do ano civil de 2003), foi o que maior volume de negócios registou, alcançando os 113 milhões de dólares.



Definindo como estratégia a disponibilização de um portfolio de produtos, serviços e soluções de alta tecnologia, a preço competitivo, a empresa lidera nas venda de computadores em Portugal - na área de servidores, desktop e portáteis - uma posição que mantém há alguns anos de forma confortável.



No ano de 2004 as receitas das várias áreas de negócio concorreram de forma equilibrada para as receitas da empresa, mas a direcção de Sistemas Pessoais, na área de consumidores e empresas, acumulou quase 40 por cento das vendas. Segue-se a área de serviços que absorve 20 por cento de receitas, a área de servidores e storage empresaria, com 19 por cento e a Imagem e Impressão com 17 por cento das receitas.



Internamente a HP mantém a divisão por Grupos de negócio, que devem optimizar a proposta de valor baseada no portfólio da empresa para os segmentos empresarial, pequenas e médias empresas e consumo.



Ainda hoje a empresa assinou um contrato de parceria e cooperação com a PT - Sistemas de Informação, que formaliza uma parceria de negócios com a empresa do Grupo PT que é já revendedor autorizado de equipamento HP e assa a comercializar uma gama mais abrangente de Produtos, Serviços e Software Openview da HP.

Notícias Relacionadas:

2005-02-17 - HP reporta crescimento ténue de lucros no trimestre

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.