A IBM anunciou o despedimento de 1.570 trabalhadores. O grupo vai juntar-se a um volume semelhante de trabalhadores dispensados também no início do mês, perfazendo um total de 3.023 pessoas afastadas desde o início do trimestre. As razões apontadas pela empresa para a medida são a reestruturação da unidade de serviços.




No início do ano a IBM empregava 335 mil colaboradores, pelo que os despedimentos anunciados este mês representam cerca de 1 por cento da força de trabalho da companhia. A empresa não forneceu mais detalhes sobre os despedimentos, mas adiantou que são uma consequência dos resultados do primeiro trimestre e de problemas com as actividades de outsourcing nos Estados Unidos.




Para o resto do trimestre a IBM já admitiu a possibilidade de novos despedimentos, no âmbito da operação que a companhia designa de realinhamento. A operação estará certamente relacionada com o ganho de escala em geografias fora do ocidente e com os desenvolvimentos tecnológicos, que reduzem o volume de mão-de-obra necessária em determinadas áreas.




Na Índia, por exemplo, a IBM aumentou a sua força de trabalho de 9 mil para 52 mil colaboradores entre 2003 e o final do ano passado.




No total a IBM já despediu este ano 3.700 trabalhadores. Contratou outros 19 mil, indica a Associated Press.

Notícias Relacionadas:

2005-05-05 - Despedimentos anunciados pela IBM não afectam a operação portuguesa

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.