Denominada Watson Business Group, a nova unidade de negócio quer rentabilizar a tecnologia de computação cognitiva do supercomputador, desenvolvendo e disponibilizando aplicações e serviços na nuvem para empresas.

O investimento incluirá um fundo de capital de 100 milhões de dólares, destinado às empresas que criem aplicações a partir da plataforma de desenvolvimento Watson Developers Cloud, uma iniciativa lançada no ano passado.

O Watson Business Group terá cerca de 2.000 funcionários e sede em Nova Iorque.

Batizado para homenagear um antigo presidente da IBM, o supercomputador Watson é conhecido por ter vencido um desafio de três dias no programa Jeopardy, há perto de três anos atrás.

Usando recursos de linguagem natural e análise, o Watson foi desenvolvido para processar informação de modo idêntico aos humanos, o que lhe permite analisar e interpretar grandes quantidades de dados rapidamente.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.