O Conselho de Ministros aprovou hoje a resolução que cria o "Programa Inov-Jovem - Jovens Quadros para a Inovação nas PME", que prevê medidas de apoio à inserção de jovens diplomados nas áreas de gestão, engenharia, ciência e tecnologia e outras áreas consideradas críticas para a inovação e o desenvolvimento empresarial nas PMEs nacionais.



As candidaturas ao programa, por parte das empresas e dos jovens, abrirão no próximo mês de Junho e poderão fazer-se através da Internet, das entidades relacionadas com os Ministérios da Economia e da Inovação, com o do Trabalho e da Solidariedade Social - nomeadamente no IAPMEI e IEFP -, bem como junto de outras entidades que venham a aderir à iniciativa governamental.



Em comunicado, explica-se que o apoio à inserção dos jovens irá concretizar-se com base em dois tipos de mecanismos, através do apoio específico à celebração de contratos individuais de trabalho e através do apoio à realização de estágios profissionais e posterior contratação.



As empresas aderentes terão prioridade no acesso a outras medidas públicas de incentivo à inovação, nomeadamente às inseridas no PRIME, acrescenta-se na mesma fonte.



Em conferência de imprensa, o Ministro da Economia e Inovação, Manuel Pinho, adiantou que o Governo vai gastar 10 milhões de euros com este programa, ao qual se poderão candidatar as empresas com até 250 trabalhadores, de preferência ligadas à área da exportação.



Notícias Relacionadas:

2005-03-18 - Programa de Governo aposta nas novas tecnologias para desenvolvimento económico

2005-02-21 - PS reafirma aposta na inovação e formação após vitória eleitoral

2005-01-25 - PS coloca Plano Tecnológico no centro do programa eleitoral

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.