Tecnologias como o HD e o 3D são cada vez mais procuradas quando os consumidores europeus compram uma televisão, uma tendência que cresceu ao longo de 2010 e que se verifica também em Portugal, de acordo com dados da GfK..

As televisões Flat TV, preparadas para a transmissão da imagem 3D, vêem as suas vendas subir na Europa, uma tendência que também se regista em Portugal, onde conseguiram seis por cento do mercado de televisões em 2010. No mês de Dezembro o valor estava nos 10 por cento.

Os leitores de blu-ray registaram também uma subida muito significativa em 2010, num mercado que se apresenta crescente em toda a Europa com uma subida de 1.683 milhares de unidades vendidas na Europa em 2009 para 3.112 milhares de unidades em 2010.

A descida significativa dos preços dos LCD e Plasma levaram mais consumidores a comprarem tais dispositivos, abandonando as televisões CRT, volumosas e já pouco atractivas.

Segundo a GFK, os preços dos Plasmas desceram, em 2010 face ao ano anterior, 9,2 por cento enquanto os LCD baixaram cinco por cento.

O mercado europeu de televisões com tecnologia LED apresentava um preço médio muito mais elevado na Europa em Dezembro de 2009, sendo 2,5 vezes e meia mais caro do que as televisões com tecnologia LCD. No entanto, ao longo do ano de 2010, a tendência de preços do LED foi de descida, no sentido de uma aproximação aos do LCD. No final do ano passado os LED estavam apenas duas vezes mais caros, em média, do que os LCD.

Os sistemas de áudio, tanto fixo como portátil venderam menos no mercado Europeu em 2010 do que no ano anterior.

Já os sistemas de áudio portátil registaram um decréscimo de sete por cento em relação a 2009, originando um volume de negócios na ordem dos 2.992 milhões de euros, enquanto o áudio fixo obteve um crescimento de dois por cento, representando um volume de negócios de 3.046 milhões de euros.

As docking stations são um produto em expansão, sublinha a GfK, com um aumento de 13 por cento de 2009 para 2010, mesmo com um aumento dos preços, já que o valor das vendas cresceu cerca de 17 por cento também de 2009 para 2010.

Também os auscultadores foram mais procurados em 2010 no mercado europeu, principalmente os tradicionais, por se ter verificado uma tendência de consumo destes aparelhos com novos designs, com um crescimento de 41 por cento da facturação em relação a 2009, o mercado total obteve um crescimento de 21 por cento.

Em Portugal os dados mostram a preferência dos portugueses por auscultadores de maior formato, com uma subida em valor de 64 por cento entre 2009 e 2010, enquanto o total dos auscultadores subiram 30 por cento no mesmo período.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.