As conclusões, apuradas num estudo da GfKsobre o mercado de entretenimento, mostram que 98% dos portugueses viram televisão ao longo dos últimos 12 meses, numa subida de dois pontos percentuais face a um inquérito de 2008, e que 49% navegaram na Internet, mais 18 pontos percentuais.

O mesmo estudo aponta que um terço das pessoas lê livros, sendo que 6% fazem-no em formato digital. Cinco horas é o tempo médio de leitura semanal.

No que diz respeito aos dispositivos eletrónicos, os smartphones e os tablets, protagonizaram as maiores subidas, com uma em cada cinco pessoas a afirmarem ter um smartphone e 14% um tablet.

Relativamente ao mercado português de entretenimento em si, as vendas recuaram 12% em 2013 face ao ano anterior.

Os videojogos foram o sector com maior queda, numa descida de 16% face ao ano anterior. As consolas, acessórios e jogos para várias plataformas representam agora 33% do mercado de entretenimento.

Os filmes recuaram 15% e representam agora 7% no total do entretenimento nacional, enquanto o sector da música desceu 13% em 2013, valendo 16,5 milhões de euros. As vendas em suporte digital já representam 30% do valor total.

O sector dos livros foi o que revelou a menor queda, com um recuo ligeiro de 1%.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.