A Portugal Telecom apresentou-se à Autoridade da Concorrência como parte interessada na aquisição da Tele2 pela Sonaecom. A decisão do regulador sobre o negócio deverá agora ser adiada para o início de Setembro já que será necessário realizar agora uma audiência, diz a Lusa.

O negócio, que vai custar 16 milhões de euros à empresa de Belmiro de Azevedo, está sujeito à análise da Autoridade da Concorrência, que tinha até 20 de Agosto para apresentar uma decisão. Com a audiência às partes interessadas, que deverá demorar 10 dias, só em Setembro se saberá se a aquisição terá luz verde.

Até ao momento da PT é a única entidade que se mostrou interessada em pronunciar-se sobre esta fusão que garante maior quota de mercado de voz fixa e DSL à Sonaecom.

A intenção da Sonaecom de comprar a Tele2 foi confirmada no final de Junho, reforçando e a quota no mercado de banda larga depois da compra da carteira de clientes da Oni, o que, segundo Luis Reis, COO da Sonaecom, permitiria à empresa reduzir o desequilíbrio do mercado.

A aquisição da Tele2 inclui todos os activos da empresa em Portugal - incluindo o direito exclusivo de utilização da marca em Portugal - e os cerca de 30 colaboradores que suportam a operação local. No que se refere aos clientes, a Sonaecom angaria 310 mil novos clientes de voz fixa, dos quais 45 por cento já têm uma relação completa com a operadora (tráfego e voz). Na banda larga, os números apurados até Maio contabilizavam 12 mil clientes.

Notícias Relacionadas:

2007-06-28 - Sonaecom concretiza compra da Tele2 por 16 milhões de euros

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.