O rápido crescimento da publicidade online leva os analistas da Veronis Suhler Stevenson (VSS) a acreditar que em 2011 o dinheiro investido neste sector supere o aplicado na publicidade impressa nos jornais.



A análise mostra que o dinheiro aplicado em anúncios online aumentará 21 por cento, para os 62 mil milhões de dólares em 2011, superando os 60 mil milhões de dólares que a publicidade em jornais deverá movimentar no mesmo ano.



A diminuição dos gastos publicitários destinados aos meios tradicionais e a sua migração para os canais online está a ser notória um pouco por todo o mundo. Apesar da análise ser mais voltada para o mercado norte-americano, a consultora acredita que em países como o Reino Unido e a Suécia, a migração para a publicidade online deverá acontecer mais cedo, provavelmente ainda este ano.



No entanto, os números divulgados pela VSS mostram que a publicidade colocada nos canais de televisão - gratuitos e pagos - continuarão a movimentar a maior proporção dos investimentos já que os spots publicitários para TV serão responsáveis por investimentos de 86 mil milhões de dólares em 2011.



A análise da VSS teve ainda em conta o tempo médio que os utilizadores têm despendido nos diferentes meios. Neste sentido, apurou que ao longo deste ano, o tempo gasto a ler jornais será superado pela primeira vez pelo tempo dedicado aos media online.



Em 2006, a utilização dos meios de comunicação tradicionais por pessoa diminuiu meio ponto percentual, fixando-se nas 3 mil horas e 350 minutos.




Notícias Relacionadas:

2007-07-30 - Microsoft entra na disputa pelo mercado publicitário online com nova aquisição

2007-07-24 - AOL investe no mercado publicitário com a aquisição da Tacoda

2007-04-30 - Yahoo reforça área de publicidade online com aquisição da Right Media

2007-04-16 - Google concretiza compra da DoubleClick por 3,1 mil milhões de dólares

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.