Os gastos em publicidade online vão ultrapassar este ano, pela primeira vez, os valores despendidos com anúncios na imprensa. A estimativa é da eMarketer e diz respeito aos investimentos nos EUA, onde a tendência deverá continuar a acentuar-se em 2011.

No final de 2010, o valor dos gastos com publicidade online deverá registar um aumento de 13,9 por cento, situando-se nos 25,8 mil milhões de dólares (cerca de 19,6 mil milhões de euros), revela a análise da empresa de estudos de mercado.

Já o montante investido na imprensa deverá ser de 22,8 mil milhões de dólares (17,3 mil milhões de euros), o que corresponde a uma descida de 8,2 por cento, segundo as contas da empresa, que classifica o momento como um "marco histórico" na evolução da Internet enquanto plataforma para a publicidade.

"Trata-se de algo que vínhamos prevendo há muito tempo, mas este é um ponto de viragem", afirmou o CEO da eMarketer, em entrevista ao Wall Street Journal.

Os analistas estimam que a tendência continue a acentuar-se, com o investimento em publicidade online a crescer para os 28,5 mil milhões de dólares (21,66 milhões de euros) e em publicidade impressa a descer para os 21,4 mil milhões (16,26 mil milhões de euros).

Apesar dos valores, os jornais conseguem em 2010 atenuar as quedas com um crescimento de 7,8 por cento no investimento em publicidade nos seus sites, que deverá ser de 3 mil milhões de dólares (2,27 mil milhões de euros). Assim, os gastos globais em publicidade na imprensa (impressa e online) descem apenas 6,6 por cento, situando-se nos 25,7 mil milhões de dólares (19,53 mil milhões de euros).

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.