Steve Jobs, presidente executivo da Apple, anunciou que vai afastar-se da gestão diária da empresa por questões de saúde, sem abandonar o cargo de CEO. A baixa médica do gestor mantê-lo-á próximo das decisões estratégicas da companhia, mas longe das questões do dia-a-dia que, tal como aconteceu quando se afastou da empresa em 2009, ficaram a cargo do COO Tim Cook.



Numa carta aos funcionários, Jobs explicou que pediu esta baixa médica para se dedicar à sua saúde pedindo respeito e privacidade, neste período em que se manterá afastado da gestão diária da empresa.



Recorde-se que já em 2009 Jobs se afastou da presidência da Apple por razões de saúde. Nessa altura retirou-se da empresa em Janeiro e voltou a assumir funções em Julho, já depois do lançamento do iPhone 3G S, que acabou por ter como protagonista o Chief Operating Officer da companhia.



Desde que em 1997 Steve Jobs regressou à empresa, que fundou anos antes, a companhia tem dado nas vistas, multiplicando segmentos de negócio e marcando tendências. Do tradicional mercado dos PCs, passou para a área da música digital, onde lançou os populares iPods apoiados no serviço iTunes. Anos mais tarde entrou no mercado dos dispositivos móveis com o iPhone e mais recentemente introduziu uma nova gama de dispositivos no mercado, com o lançamento do iPad.



Não é conhecido um plano de sucessão a Jobs na Apple e por isso o afastamento do líder da companhia gerou, pelo menos em 2009, uma reacção pouco positiva do mercado com impacto nas acções da Apple.



A imprensa internacional garante que os accionistas têm pressionado a direcção da Apple para tornar público um plano de sucessão a Steve Jobs, mas este pedido tem sido mal acolhido, com o board da Apple a assegurar que existe um plano delineado mas este não deve tornar-se público, porque isso seria prejudicial para a empresa em termos de concorrência.



O homem que, por agora, tem ocupado a cadeira da presidência da Apple quando Jobs se afasta tem 50 anos e está na empresa há 13 anos. Ocupa o cargo de COO desde 2004.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.