A empresa existe desde 2008 e a previsão de faturação para 2014 confirma uma tendência de crescimento, que já reflete a reorganização de áreas de negócio e uma aposta mais fortes em áreas que até à data não eram tão exploradas pela empresa, explicou ao TeK Tiago Farinha, diretor geral da KCS IT.



A reorganização anunciada a meados do ano permitiu "estruturar de forma correta a oferta", dando mais visibilidade e destaque a domínios onde a companhia já tinha alguma presença mas apostava pouco.



A gestão de projetos, uma das áreas centrais no negócio da empresa desde o arranque do projeto, continua a manter um peso significativo na atividade. O outsourcing ganhou peso e a oferta ficou mais completa.



Destaque ainda para a criação de novos serviços de Data Integration Management e Software Integration Management, apostas que já este ano deverão ter um impacto entre os 250 e os 400 mil euros na faturação da empresa, que está estimada em 4,3 milhões de euros, um crescimento face aos 3,6 milhões de euros somados em 2013.



Novas apostas são também a criação de um Innovation Lab, onde a KCS IT cria e testa soluções que possam responder às necessidades de clientes em diversas áreas. O segmento mobile é um dos domínios de interesse, admite Tiago Farinha. Outra das apostas reforçadas é na plataforma Azure, acrescenta o mesmo responsável.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.