A Siemens investiu 23 milhões de euros na criação de um novo laboratório dedicado à área de Telecommunications Network Management consagrado na totalidade à exportação.



O laboratório, que é o quarto fixado pela empresa em Portugal, vai ocupar-se da concepção e criação de sistemas até ao suporte online 24 horas por dia de plataformas e soluções de clientes.



O espaço insere-se no novo campus da Siemens e emprega já 200 engenheiros, um número que até final do ano sobe para 400. Os profissionais asseguram uma rede real com capacidade de 250 network elements e 200 servidores interligados.



A par com este laboratório, a Siemens gere em Portugal outros três centros de inovação dedicados às comunicações ópticas, convergência IP, banda larga (fixa e móvel).



João Picoito, responsável pela unidade de Information e Communications em Portugal, adiantou à margem da cerimónia de apresentação do laboratório, que está já nos planos da empresa um novo centro de inovação com inauguração prevista para o próximo ano. De acordo com o responsável este é um projecto que está ainda em avaliação, mas a avançar o novo centro irá dedicar-se à área do Mobile TV.



O mesmo responsável disse que a concretizar-se o investimento num novo centro de inovação, a Siemens voltará a ter de expandir o seu espaço físico, já que o campus recentemente inaugurado está lotado na sua capacidade, empregando até agora 500 engenheiros.



Na mesma cerimónia a Siemens assinou um acordo de parceria com a Universidade de Aveiro para a criação de um centro de Investigação e desenvolvimento na cidade.



O acordo agora assinado reforça a parceria entre as duas instituições, iniciada em 2002 com a assinatura de um primeiro acordo de parceria, e prevê a alocação de 250 engenheiros.



Presente no evento, José Sócrates destacou a importância do relacionamento que a Siemens vem mantendo com universidades e a aposta da empresa em mão-de-obra qualificada para responder às necessidades de I&D do grupo a nível mundial.



O Primeiro-ministro relembrou ainda a prioridade do Governo para a área da ciência e I&D traduzida no já anunciado reforço do orçamento para 2007.



Notícias Relacionadas:

2006-02-22 - Siemens investe 55 milhões de euros em I&D e aloca 500 engenheiros para novo centro de inovação


2004-06-03 - Portugal acolhe laboratório multimédia da Siemens para 3G e banda larga

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.