Pela primeira vez nos últimos três meses do ano passado, o número de utilizadores que acedeu diariamente ao Facebook a partir de dispositivos móveis ultrapassou o número de acessos realizados através do PC. As receitas de publicidade móvel acompanharam a tendência e no último trimestre do ano duplicaram.



O número mensal de utilizadores ativos no final do ano era de 1.060 milhões. Por dia, ligaram-se à rede, em média, 618 milhões de utilizadores, um crescimento que se deve sobretudo ao crescimento da penetração do serviço em mercados emergentes asiáticos, ainda que a Europa e os Estados Unidos continuem a ser as regiões do globo onde a rede social consegue maior receita mensal por cliente.



Mark Zuckerberg explicou numa conferência telefónica com analistas, citado por vários sites internacionais, que 2013 será um ano de forte investimento em que a empresa quer recrutar novos talentos e consolidar o negócio, mais do que otimizar benefícios.



No último trimestre as receitas do Facebook ascenderam a 1,5 mil milhões de dólares, num crescimento de 40% face ao mesmo período do ano passado. Os lucros caíram de 302 milhões de dólares para 64 milhões.



No total do ano os lucros da empresa caíram ainda mais, descendendo mais de 94% face ao ano anterior, passando de mil milhões para 53 milhões.



Em 2013 a empresa estima que os gastos na consolidação de um modelo de negócio rentável continuem a aumentar e admite que possam atingir valores superiores aos das receitas. As estimativas indicam um aumento da despesa na ordem dos 50%.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Cristina A. Ferreira

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.