A entrada em bolsa do Facebook e o percurso que a empresa tem vindo a fazer no índice Nasdaq, desde que foi admitida a cotação, teve um forte impacto negativo na fortuna do fundador da empresa, Mark Zuckerberg.



De acordo com a Bloomberg, a fortuna de Zuckerberg terá diminuído dos 16,2 mil milhões de dólares listados pela agência noticiosa a 25 de maio, para os 14,7 mil milhões de dólares, consequência das perdas que a empresa tem acumulado desde que chegou à bolsa.



Assim, o fundador do Facebook terá agora de se contentar com um lugar mais baixo na tabela dos mais ricos do mundo, fora do top 40, onde estava até agora.



Zuckerberg sai da tabela, que reúne apenas os 40 mais ricos, deixando a posição 40 para Luis Sarmiento. O empresário mais rico da Colômbia tem hoje mais 800 milhões de dólares que o dono do Facebook, de acordo com o Bloomberg Billionaires Index, um ranking atualizado diariamente.



As ações do Facebook fecharam ontem a sessão de bolsa abaixo dos 30 dólares por ação em mais um dia de perdas. Em duas semanas a empresa perdeu 24% do seu valor, qualquer coisa como 20 mil milhões de dólares, depois de se ter estreado com ações a 38 dólares.



Os contornos da operação valeram entretanto a Zuckerberg e aos bancos envolvidos uma investigação do regulador norte-americano.



Note-se que também na lista anual da Forbes, Zuckerberg aparecia em março entre os 40 mais ricos do mundo com uma fortuna avaliada em 17,5 mil milhões de dólares. Nesta edição 2012 do top elaborado pela Forbes o empresário ocupava a posição 35 da tabela. Um ano antes estava na 52ª posição.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico




Cristina A. Ferreira

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.