A Microsoft fechou o terceiro trimestre fiscal (relativo ao período entre Janeiro e Março deste ano) com um volume de negócio de 10,5 mil milhões de euros, ou seja, mais 32 por cento do que no mesmo período de 2006. Por sua vez, os lucros da empresa fixaram-se nos 4,82 mil milhões de euros.



No mesmo período a organização registou um resultado líquido de 3,6 milhões de euros - 65 por cento acima dos valores do período homólogo - um resultado que reflecte as vendas no novo sistema operativo Windows Vista e do Office 2007, afirma a Microsoft em comunicado.



No mesmo documento a empresa de Bill Gates assegura que estes resultados reflectem 1,22 mil milhões de euros de receitas e de resultados operacionais e 8,3 milhões de dólares de resultados líquidos que tinham sido diferidos devido ao programa de garantia tecnológica do lançamento do Windows Vista e do Office 2007.



O director financeiro da Microsoft, Chris Lidell, mostrou o seu agrado pelos números obtidos e afirmou que espera "um final de ano fiscal muito positivo, que certamente reflectirá um forte ano de 2008".



Notícias Relacionadas:

2005-10-28 - Aumento dos lucros da Microsoft no trimestre reflectem boa performance do mercado de PCs

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.