O Ministério da Agricultura, do Desenvolvimento Rural e das Pescas (MARDP) obteve até agora poupanças de 240 mil euros com a participação no projecto de compras públicas electrónicas, o que se traduz numa poupança média de 18 por cento em cada negociação.



O projecto de compras do Ministério da Agricultura arrancou em Abril de 2004 no âmbito de um piloto que envolveu outros sete ministérios. Nessa altura foram seleccionados um conjunto de organismos em cada ministério para integrar a experiência que durante seis meses integrou negociações online de produtos como papel, consumíveis, etc.



Desde então, o MARDP transaccionou 400 mil euros em produtos, para cerca de 450 encomendas electrónicas que se dividem por várias categorias: Papel de Fotocópia, Consumíveis de Informática, Higiene e Limpeza, Economato e Energia, divulgou a Bidirect que assegura a plataforma tecnológica.



De acordo com a mesma fonte, até final deste trimestre o ministério, que já estendeu os procedimentos electrónicos à totalidade dos seus 24 organismos e um conjunto de 390 utilizadores descentralizados, pretende avançar com negociações electrónicas em novas categorias de produto, como os combustíveis e o material de laboratório.



De sublinhar que as compras públicas electrónicas estão a ser generalizadas a todos os ministérios com o avanço de uma segunda ronda de pilotos, que integram os ministérios não incluidos na primeira leva de pilotos.



Notícias Relacionadas:

2006-04-10 - Ministério da Saúde mantém parceria com Bizdirect em nova fase de compras electrónicas

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.