O Ministério das Finanças e Administração Pública poupou 14,9 mil euros na aquisição de 142.300 resmas de papel através de um leilão electrónico realizado para satisfazer as necessidades do organismo a este nível.



De acordo com um comunicado, o papel adquirido tinha um valor de mercado inicial de 289,6 mil euros, que acabou por se reduzir em 5,15 por cento no decorrer da negociação electrónica.



A compra electrónica de papel é uma das experiências realizadas um maior número de vezes no âmbito dos projectos de compras públicas, que para oito ministérios entra agora na fase de generalização.



A opção pelo papel, os consumíveis de informática e o economato, todas os negociados electronicamente ainda na fase dos projectos-piloto, tem a ver com o peso orçamental e complexidade dos produtos.



Esta última negociação do Ministério das Finanças teve, no entanto, a particularidade de definir apenas preços a seis meses (para o papel fotocópia A4 branco, mais utilizado). As condições de mercado fizeram disparar os preços face ao ano anterior e a estrutura de compras optou por não fechar já acordo para todo o ano.



A segunda fase de pilotos, que irá estender a todos os ministérios as compras públicas electrónicas, está prestes a avançar estando já em marcha a adjudicação das plataformas electrónicas para cada um dos ministérios.



Os restantes ministérios avançam na generalização do processo de compras electrónicas a novas categorias de produto como sejam serviços de limpeza, segurança, etc.



Notícias Relacionadas:

2005-08-10 - Organismos públicos adquirem 2580 equipamentos informáticos através de leilão online

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.