A tecnológica portuguesa fechou o ano com um volume de negócios de 17,8 milhões de euros, num crescimento de 15% face ao período homólogo e um EBITDA de 3,9 milhões de euros, num crescimento de 59%.



Neste bolo, os negócios internacionais garantiram um peso de 41%, correspondente a 7,2 milhões de euros, que traduz um crescimento de 9%. Em Portugal a atividade da Primavera em 2013 cresceu 17%.



Espanha, Angola, Moçambique, Cabo Verde e São Tomé e Príncipe são os mercados estrangeiros onde a empresa assegura para já uma presença, embora esteja em análise a expansão para novas geografias.



Em 2013 a venda de novos licenciamentos foi a área que mais se destacou na atividade da empresa, pelo crescimento. Os serviços de consultoria e a formação foram igualmente área em crescimento.



Ao longo deste ano a Primavera lançará a versão 9 do seu ERP, que marcará o reforço da aposta da empresa na cloud e que chegará aos 25 mil clientes com contratos de continuidade, revela a empresa. A tecnológica lançou as primeiras ofertas num modelo as a service em 2012.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.