Um em cada quatro norte-americanos afirma que a Internet pode substituir a falta de uma relação com o sexo oposto. Esta é a conclusão de um estudo da Zogby Internacional que apurou que 24 por cento dos inquiridos vêem a rede como um substituto das relações.



A consultora verificou que o número de pessoas de acordo com esta teoria era maior entre os solteiros (31 por cento). Os analistas indicam ainda que alguns jovens consideram a Internet o seu novo melhor amigo.



Equanto que 25 por cento dos adultos norte-americanos tem um perfil activo numa rede social, essa tendência é quase obrigatória entre os jovens com idades entre os 18 e os 24 anos. Nesta faixa etária 78 por cento dos utilizadores é membro de uma comunidade virtual.



A sondagem foi mais longe e descobriu que 11 por cento dos norte-americanos estavam dispostos a implantar um chip no cérebro que lhes permitisse o acesso à Internet. Por outro lado, um em cada cinco inquiridos referiu que colocaria um chip em crianças com idades até aos 13 anos para facilitar a sua localização.



Notícias Relacionadas:

2006-12-01 - Internet assume mais importância nas relações sociais

2006-05-28 - Dependência da Internet provoca isolamento e negligência da vida pessoal

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.