Com uma concorrência crescente e mais poderosa em termos de mobilidade o DVD está longe de sair de circulação ou perder a preferência dos utilizadores, mesmo competindo com um número crescente de dispositivos portáteis que reproduzem vídeo e adicionam outras funcionalidades.



De acordo com as previsões dos analistas da In-Stat, as vendas de DVDs deverão crescer a um ritmo de 18,2 por cento ao ano até 2009, passando de um valor global de 33 mil milhões em 2004, para 76,5 mil milhões cinco anos depois. Para este crescimento contribuirão os novos formatos em fim de processo de normalização e já com amplo suporte da indústria.



A In-Stat prevê um crescimento exponencial para o formato HD-DVD, sobretudo nos Estados Unidos, com a renovação do parque de vídeo gravadores, um impacto que deverá sentir-se já este ano.



Para o Blu-ray o cenário é igualmente optimista, mas as previsões da empresa colocam o grande impulso nos mercados asiáticos em 2006 e na Europa em 2007. A In-Stat acredita que este se tornará o formato standard para vídeo de alta definição fora dos Estados Unidos, pois recolhe apoios de peso e oferece maior capacidade.



Os produtos Dual Disc e os DVDs de fabrico local deverão contribuir em 20 por cento para o crescimento do mercado nos próximos cinco anos, altura em que 55 dos lares em todo o mundo terão pelo menos um equipamento ligado a um sistema não tradicional de televisão, como televisão por cabo, rede satélite, TDT, ou outra.



Notícias Relacionadas:

2005-03-11 - Apple integra consórcio para a promoção do standard de vídeo Blu-Ray

2004-11-29 - HD-DVD recolhe apoio de quatro estúdios de Hollywood

2004-08-13 - Primeira versão completa do formato Blu-ray aprovada

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.