A Gartner prevê que o número de subscritores de banda larga a nível mundial passe dos 323 milhões em 2007 para os 499 milhões em 2012, o que significa que a taxa de penetração deste tipo de acessos a nível doméstico aumentará 7 por cento nos próximos quatro anos, até aos 25 por cento.



Segundo a consultora, se no ano passado apenas cinco países possuíam uma taxa de penetração da banda larga em casa superior a 60 por cento, esse número tende a mais que triplicar. Em 2012, serão 17 os países a alcançar essa fasquia e a igualar os actuais líderes da tabela: Canadá, Holanda, Suíça, Coreia do Sul e Hong Kong.



Amanda Sabia, analista da Gartner indica que existirão casos em que, dependendo das condições do mercado, a taxa de penetração deste tipo de acessos chegue "aos 80 por cento, ou até mais".



"A penetração da banda larga aumentará especialmente nos mercados geograficamente maiores e à medida que os fornecedores de ligações continuem a lançar novos serviços e novas tecnologias - incluindo sem fios, como o WiMAX", diz Amanda Sabia referindo que são estes factores que acabam por atrair novos clientes.



Notícias Relacionadas:

2008-03-31 - Acesso de banda larga móvel cresce 850% em todo o mundo

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.