Um estudo da Mastercard sobre o comportamento dos portugueses relativo ao comércio online revelou que 90% da população fazem compras online, e 30% fazem-no, pelo menos uma vez por mês. Outros 30% dos portugueses fazem compras online a cada 2/3 meses.

Os produtos mais comprados são roupa, calçado, acessórios, destacando-se em 21% das preferências dos inqueridos. E o comportamento é transversal a diferentes gerações, de forma idêntica, refere o estudo. A preferências seguintes são o Ebay (20%) e Fnac (18%), que regista a mesma percentagem de escolha no site chinês Alexpress.

A referência bancária continua a ser a forma de pagamento mais utilizada pelos portugueses. O cartão virtual é o segundo mais utilizado (35%), o cartão de crédito (29%) e a transferência bancária surge com (18%).

Para as viagens, 81% dos portugueses opta pela compra online dos bilhetes e reserva de estadias, sendo pagas maioritariamente com o cartão de crédito (42%). No entanto, quando parte de férias, os portugueses não arriscam e levantam sempre dinheiro antes da viagem, sendo que apenas 10% levanta no destino. Já 35% dos portugueses opta por pagar as despesas no destino com cartão.

Os portugueses ainda não estão totalmente rendidos às plataformas de mobilidade, e apenas 28% referem ter apps instaladas, com a preferência esmagadoramente a recair na Uber (87%). E sobre as carteiras virtuais, 80% dos portugueses utilizam-nas nas compras online, e 71% dos utilizadores prefere o Paypal.

Segundo Paulo Raposo, diretor geral da Mastercard em Portugal, os números são um bom indicador, embora ainda muito modestos, tendo em consideração o ritmo com que o comércio online está a crescer. Destaca ainda a importância da utilização crescente dos smartphones, tablets e outros dispositivos móveis no comportamento dos portugueses nos próximos anos. A empresa salienta que as soluções de checkout ainda não são as ideais, sendo necessário apresentar formas de pagamento mais simples, para tornar a experiência de compra online melhor.

Em 2018, a Mastercard apresentou a tecnologia MDES (Mastercard Digital Enablement Service) que facilita as compras online nos websites e apps, introduzindo uma camada adicional de segurança. A empresa espera introduzir no final do verão soluções de identificação através de autenticação biométrica.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.