Uma notícia da Agência Reuters adianta que existem conversaões avançadas para a entrada da Media Capital como accionistas da Cabovisão. A mesma notícia revela ainda, citando fontes da Cabovisão, que a Media Capital poderá investir até 170 milhões de euros nesta operação, apoiando a reestruturação da empresa que presenta uma dívida de cerca de 350 milhões de euros.

O processo de negociação está a ser intermediado pelo banco inglês Rothschild e poderá estar concluído até final de 2005. "Existem fortes possibilidades de se vir a concretizar uma parceria com a Media Capital e tem havido negociações avançadas (com a Catalyst) nesse sentido", disse à Reuters, a fonte próxima dos accionistas.

A mesma fonte acrescentou que ainda não está definida uma estrutura definitiva "mas esta pode passar pela participação no capital da Cabovisão, comprando dívida para a reconverter em capital ou cash, via aumento de capital". Quanto ao futuro da Catalyst, é certo que esta ficará na empresa podendo vir a partilhar o controlo mas, "não o vai perder".

A Reuters adianta ainda que a Media Capital não é a única empresa interessada na participação da reestruturação da Cabovisão. Entre os interessados encontram-se por exemplo o grupo Sonae, a Impresa, a Cofina e a SGC Telecom.

Se a reestruturação financeira e accionista da Cabovisão for concluída, poderá dar-se seguimento a um processo de dispersão de capital na bolsa e respectiva cotação na Euronext Lisbon ou noutra praça internacional.

Notícias Relacionadas:

2005-08-04 - Volume de negócios da Cabovisão melhora 10,7% no primeiro semestre

2005-07-21 - Cabovisão complementa oferta com canal de alta definição

2005-04-05 - Cabovisão multada em 7,5 mil euros pela Anacom por não garantir direito de portabilidade

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.