A PeopleSoft anunciou hoje ter completado a aquisição de 88 por cento das acções da J.D. Edwards, sendo esperada para até ao final de Agosto a compra das restantes acções, num negócio que tem o valor total de 1,8 mil milhões de dólares. A aquisição estava já prevista para hoje e encerra uma parte de um processo bastante mediatizado.



Depois de ter sido anunciada a intenção da PeopleSoft comprar a empresa rival em software empresarial, a Oracle propôs aos accionistas da PeopleSoft uma tomada de posição hostil que garantia ser mais benéfica para a empresa. Apesar das autoridades reguladoras do mercado já terem dado o aval ao negócio entre a PeopleSoft e a J.D. Edwards no início desta semana, a Oracle não tinha desistido da sua intenção, realizando ontem uma conferência na qual afirma manter a proposta e garante o suporte aos clientes daquelas duas empresas.



Entretanto, a PeopleSoft concretizou hoje uma parte da aquisição da J.D. Edwards, esperando adquiri os 12% de acções que faltam para assumir o controle completo da empresa até ao final de Agosto.



De acordo com o director executivo da PeopleSoft, Craig Conway, a combinação entre as duas empresas cria a segunda maior empresa de software empresarial no mundo. A facturação combinada das duas companhias deverá atingir os 2,8 mil milhões de dólares anuais, juntando os esforços de 13 mil empregados e 11 mil clientes em 150 países. Em comparação a Oracle gera cerca de 10 mil milhões de dólares de receitas, tem mais de 40 mil funcionários e 250 mil clientes em 120 países.




A Oracle continua à espera de uma avaliação por parte das autoridades de mercado dos Estados Unidos em relação à sua proposta de aquisição da PeopleSoft, tendo já prolongado o prazo para 15 de Agosto. e de acordo com declarações do porta voz da empresa à agência Reuters, continua interessada na aquisição, mesmo com a adição da J.D. Edwards.



Porém, para completar o seu propósito a Oracle terá de pagar agora pelo menos 7,3 mil milhões de dólares, em vez dos 6,3 mil milhões que oferecia pela PeopleSoft, já que, de acordo com os cálculos da Associated Press, se quiser manter a oferta de 19,5 dólares por acção terá de cobrir os 52,6 milhões de títulos adicionais que a empresa vai emitir devido ao negócio hoje realizado.

Notícias Relacionadas:

2003-07-18 - Oracle anuncia intenção de suportar software J.D. Edwards caso adquira PeopleSoft

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.