O encerramento da fábrica em Ovar, que envolve o despedimento de cerca de 80 colaboradores, a Philips acaba de anunciar que vai dispensar 6 mil funcionários em todo o mundo durante este ano. A gigante europeia da electrónica registou no último trimestre de 2008 as primeiras perdas em cinco anos.

Apesar do crescimento da divisão de cuidados de saúde, os números do último trimestre reflectem o impacto da crise económica e financeira global, admitiu Gerard Kleisterlee, CEO da empresa.

As áreas mais afectadas foram as de produtos de consumo e iluminação, sendo que no total as perdas da empresa se elevaram a 186 milhões de euros para o ano de 2008. No período homólogo em 2007 a Philips tinha registado lucros de 4,16 mil milhões de euros.

A Philips já tinha anunciado o despedimento de 3 mil funcionários no último trimestre de 2008, número que é agora reforçado com o corte de mais 6 mil trabalhadores em várias unidades em todo o mundo.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.