Tendo em conta as inscrições já efectuadas, a participação portuguesa na CeBit mantém-se fraca. Estão confirmadas para a edição de 2005 da feira as presenças da Number Five, Carkit Import e Export e Inosat Consultoria Informática.



A organização da feira lançou um repto às associações empresarias numa tentativa de aumentar a participação portuguesa e promover iniciativas conjuntas que reduzam os custos de participação individuais, um desafio ainda sem resultados efectivos.



À semelhança do que acontece desde 2002 o expositor colectivo de empresas nacionais, apoiado pelo ICEP, volta a não marcar presença no evento, contribuindo para que a participação nacional seja mais tímida.



Em termos globais, a organização espera este ano 6.200 expositores, mais cem que na edição de 2004, para uma área de 320 mil metros quadrados. Por regiões, a organização da CeBit destaca a participação da Ásia-Pacífico, que se faz representar com mais de 1.500 empresas.



Tal como em anos anteriores, Taiwan lidera no número de participações com 726 empresas, seguida pela China com 241. Os Estados Unidos fazem-se representar com 194 empresas e da Europa a maior representação é da Grã-Bretanha, com 196 empresas.



Numa conferência que decorreu hoje em Lisboa a organização anunciou algumas novidades para a edição deste ano que passam pelo esforço de maior aproximação ao cliente, através de uma reorganização da estrutura do evento, feita com o objectivo de garantir uma melhor segmentação do espaço.



Assim, a feira passará a dividir-se em três áreas principais: Business Processes, Communications e Digital Equipment and Systems. A primeira mostra "soluções e serviços para a criação e optimização de processos comerciais com base em tecnologias e informação", a segunda alberga as últimas novidades na área da telefonia fixa e móvel e a terceira dedica-se "aos computadores, técnicas de armazenagem, entretenimento digital e automação de escritórios", explica um comunicado.



Para além destas três existem ainda outras áreas de exposição como o Banking & Finance, o future parc (soluções dos sectores da investigação e ciência) e o Public Sector Parc, onde predominam as soluções de eGovernment.



A edição de 2005 recebe pela primeira vez o Technology Industry Summit, que terá lugar na véspera da feira, antecedendo um programa de conferências e seminários recheado de intervenientes de renome que procurarão abordar as principais novidades na área da tecnologia e telecomunicações ao longo do último ano. Também pela primeira vez este ano, a CeBit dedica um espaço próprio ao Outsourcing.



A feira decorre entre os dias 10 e 16 de Março. O bilhete mais barato custa 32 euros (para um dia e comprado previamente) e o mais caro 80 euros (para acesso permanente e comprado no próprio local).



Em 2004, entre participações directas e indirectas (com parceiros) estiveram na CeBit cinco empresas portuguesas.



Notícias Relacionadas:

2004-03-18 - Participação portuguesa na CeBIT reduzida a duas empresas na edição de 2004

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.