Pelas contas da IDC foram vendidos 228,3 mil computadores portáteis em Portugal no segundo trimestre deste ano, cerca de 50 mil a menos do que os contabilizados pela Gartner no mesmo período.



Segundo a análise da consultora, a Hewlett-Packard foi a fabricante que se destacou - tanto no segmento de desktops como portáteis - tendo vendido quase 70 mil equipamentos no período analisado, o que lhe valeu uma quota de mercado de 29,3 por cento. O segundo lugar da tabela pertence à Toshiba, que vendeu 57,8 mil portáteis e viu o seu share subir de 18,5 para 25,3 por cento em termos homólogos.



Entre as marcas internacionais, a Dell foi a que viu o seu volume de vendas aumentar mais. A fabricante norte-americana obteve um crescimento de 215,1 por cento face ao mesmo período do ano passado, com 8,35 mil portáteis comercializados, seguida pela Toshiba (195 por cento) e HP (147,6 por cento).



Contudo, foram as marcas portuguesas as que obtiveram maior crescimento homólogo. A Inforlandia viu a sua quota de mercado aumentar de 0,9 para os 6,4 por cento, com a venda de 14,638 mil portáteis, o que lhe valeu um crescimento de 1440,8 por cento face ao mesmo trimestre do ano passado.



Também a JP Sá Couto aumentou consideravelmente as suas vendas, obtendo um crescimento 197,5 por cento. A fabricante passou de um volume de vendas na ordem dos 1,87 mil equipamentos para a comercialização de 5,549 mil portáteis no segundo trimestre deste ano e somou uma quota de mercado de 2,4 por cento.



De um modo geral, todas as fabricantes, nacionais e internacionais, aumentaram as vendas e quota de mercado entre o segundo trimestre de 2007 e o mesmo período deste ano, à excepção da Sony, que registou um decréscimo de 4,3 por cento e viu a sua quota de mercado cair até aos 3,1 por cento face aos 6,9 pontos percentuais registados há um ano.



Reunindo todos os segmentos, a IDC atribui ao mercado português de PCs vendas de 303.508 unidades no período em análise. O número representa um crescimento de 68 por cento face ao mesmo período do ano passado. Tendo em conta apenas as vendas de desktops e portáteis foram vendidas 297.866 unidades, num crescimento de 70,4 por cento.



Notícias Relacionadas:

2008-08-06 - Vendas de desktop no mercado português avançam 1,5% no 2º trimestre

2008-08-04 - 272 mil computadores vendidos em Portugal no 2º trimestre

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.