A nova data limite para que as empresas passem a utilizar software de faturação já certificado pelos serviços da administração tributária é agora 31 de dezembro, uma medida que se aplica às empresas que desenvolveram o seu próprio software de faturação e que têm de submeter o produto a um processo de certificação que passa pela AT.



No despacho que define o alargamento do prazo do processo de certificação explica-se que existe "um significativo número pendente de pedidos de certificação de programas de faturação produzidos internamente pelas empresas".



Esta quinta-feira, dia 2 de outubro, terminava o prazo definido antes pela Autoridade Tributária para concluir o processo de certificação. Para as empresas que recorrem a software de terceiros, a obrigatoriedade de usar software certificado já está em vigor para empresas com volume de negócios superior a 100 mil euros.



Em junho a data limite para a certificação de software produzido nas empresas já tinha sido adiada com a mesma justificação.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.