Elon Musk usou, mais uma vez, as redes sociais preferidas para anunciar novidades dos seus projetos, desta feita sobre a sua empresa mais aborrecida (ou será a empresa de fazer buracos?) The Boring Company. Numa publicação feita no Instagram, e também partilhada num tweet, o empresário informou que o primeiro túnel sob Los Angeles está quase pronto.

No post menciona que o projeto está a aguardar as aprovações regulatórias finais, devendo arrancar dentro de alguns meses com uma fase de demonstração. Durante esse período as viagens serão gratuitas.

Elon Musk reforçou que, quando o túnel estiver completamente operacional e as viagens começarem à seria, o sistema dará prioridade à circulação de plataformas para peões e bicicletas, sendo que o custo dos bilhetes nunca será mais do que o que é cobrado de um bilhete de autocarro.

O túnel do sistema de transporte ultrarrápido para fugir ao trânsito que está a acabar de ser construído em Los Angeles tinha sido mostrado pela primeira vez em outubro de 2017. Na altura a estrutura tinha apenas 150 metros de comprimento.

Uns meses antes, o empreendedor e visionário sul-africano já tinha publicado vídeos de conceito de como tudo irá funcionar, nomeadamente as estruturas elevatórias.

Refira-se que, mais recentemente, Elon Musk veio ajustar o conceito inicial - e depois de ter sido acusado de querer construir túneis para os ricos que têm carros… -, afirmando que algumas das estruturas que estão a ser construídas sob a alçada da The Boring Company irão dar prioridade a peões e bicicletas, depois a autocarros e só depois aos veículos próprios.

Nota de redação: A notícia foi alterada para incluir um último parágrafo de contexto sobre os objetivos de Elon Musk para os seus túneis “de fugir ao trânsito”, que servirão não apenas veículos com motor, mas também pessoas a pé ou de bicicleta, como apontado por um dos nossos leitores.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.